CBSk e Rio de Negócios lançam maior plataforma de skate no mundo

O Brasil formará, pela 1a vez, a Seleção Brasileira de Skate Street e Park, visando os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020

Projeto inédito na história do skate mundial, o Calendário Brasileiro de Skate Street e Park formará a Seleção Brasileira de Skate nas duas modalidades, visando os Jogos Olímpicos.

Com o objetivo de contribuir para a preparação dos nossos atletas na disputa por medalhas nos Jogos Olímpicos de 2020 e também fomentar, incentivar e viabilizar a prática do skate no Brasil, a Confederação Brasileira de Skate (CBSK) e a Rio de Negócios, anunciam a criação e a junção do Calendário Brasileiro de Skate e da plataforma Skate Total Urbe (STU).

A plataforma STU garantirá um calendário de competições nas modalidades Street e Park, masculino e feminino, a ser realizado no Brasil e será a principal competição nacional a somar pontos para o ranking da Confederação, que formará a Seleção Brasileira de Skate de 2019.

Farão parte da Seleção, quatro atletas masculinos e quatro femininos de cada modalidade, totalizando 16 skatistas.

Em 2018, a escolha dos skatistas integrantes da Seleção Brasileira será feita exclusivamente através do comitê técnico e será anunciada pela CBSK em Abril.

O circuito STU é composto por cinco etapas de cada modalidade, sendo quatro qualificatórias (STU Qualifying Series – STU QS), que acontecerão em vários Estados do país durante todo o ano. Já a quinta e última etapa de ambas modalidades, será realizada em novembro, no Rio de Janeiro, no Oi STU OPEN 2018, onde serão conhecidos os integrantes da Seleção Brasileira de Skate do próximo ano. 

CALENDÁRIO BRASILEIRO DE SKATE STREET E PARK 2018

DINÂMICA GERAL

- Cada etapa do STU QS será qualificatória e valerá pontos no ranking geral;

- Ao final das 04 etapas qualificatórias, cada skatista terá o direito de descartar
01 (uma) das 04 (quatro) pontuações e serão consideradas as 03 (três) melhores pontuações para o ranking geral;

- As/Os 8 melhores skatistas do ranking geral estarão automaticamente classificadas/os para a disputa do Oi STU OPEN 2018;

- A etapa final terá pontuação dobrada;

- A pontuação final geral, será válida para determinar o ranking brasileiro 2018, que formará a Seleção Brasileira de Skate de 2019.

As informações técnicas e cronograma de cada etapa do STU QS, serão divulgadas juntamente com as instruções de inscrição, antecipadamente à cada etapa.

O sistema de pontuação do ranking do STU QS será baseado no sistema de    pontuação estabelecido pela Confederação Brasileira de Skate (CBSK), conforme abaixo:

RANKING FEMININO

RANKING MASCULINO

PREMIAÇÃO

Todas as etapas do Calendário Brasileiro de Skate terão premiação em dinheiro, com valores a serem confirmados antecipadamente a cada etapa.

CONTROLE DE DOPAGEM

O Controle de Doapgem é a parte essencial do programa de Antidopagem para promover e proteger o Esporte.

Seguindo as regras da ABCD (Autoridade Brasileira no Controle de Dopagem), o controle de dopagem será solicitado no momento da inscrição em cada etapa do Calendário Brasileiro de Skate e caberá à/ao skatista, o preenchimento e envio das informações ao órgão responsável.